ALBA 2018: 123 vagas disponibilizadas e remunerações de até R$ 4.872!

A Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA) publicou um novo edital, cujo número é 001/2018. São 123 vagas disponibilizadas, sendo dessas 89 vagas para cargos de nível médio, 3 vagas para cargo de nível técnico e 31 vagas para cargos de nível superior. O concurso públicano da ALBA será concretizado pela FGV – Fundação Getúlio Vargas.

Vagas disponibilizadas

  • Cargos de nível médio e técnico: 

     – Técnico Legislativo nas áreas Administrativa;

     – Agente de Polícia Legislativa (Feminino e Masculino);

     – Odontologia;

  • Cargos de nível superior: 

        – Auditor Legislativo (com formação em Administração, Ciências Contábeis, Direito ou Economia);

        – Procurador e Analista Legislativo nas áreas de Análise de Sistemas;

        – Informática / Tecnologia da Informação;

        – Enfermagem;

        – Jornalismo / Comunicação;

        – Medicina do Trabalho;

        – Nutrição;

        – Redação;

        – Revisão Legislativa;

        – Taquigrafia.

A remuneração inicial é de R$ 4.118,67 para os cargos de nível médio e técnico e para os cargos de nível superior o salário inicial é de R$ 4.872,61 . A jornada de trabalho contará com 40 horas semanais.

Requisitos para concorrer a uma vaga na ALBA

  • Ter sido aprovado no concurso público da ALBA;

  • Possuir nacionalidade brasileira e, se for o caso do candidato ter nacionalidade portuguesa, ele deve estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses;

  • Ter a idade mínima de 18 anos completos;

  • Estar gozando plenamente os seus direitos políticos;

  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, caso o candidato seja do sexo masculino, também deve estar quite com as obrigações militares;

  • Não estar cumprindo e nem ter sofrido, durante o exercício da função pública, algum tipo de penalidade devido a prática de improbidade administrativa;

  • Apresentar uma declaração relacionada ao exercício de outros cargos ou então funções públicas e a respeito do recebimento de proventos oriundos de aposentadoria e pensão;

  • Exibir a declaração de bens e valores que façam parte do seu patrimônio;

  • Elaborar uma declaração afirmando não estar cumprindo sanção por falta de idoneidade;

  • Possuir diploma de conclusão do grau de escolaridade requerido;

  • Não ter recebido condenação à pena privativa de liberdade;

  • Estar devidamente registrado e com a sua situação regularizada perante o órgão de conselho de classe, quando assim for solicitado;

  • Gozar de aptidão física e mental para o exercício do cargo;

  • Não ter nenhum registro de antecedentes criminais.

Funcionamento das inscrições

As inscrições para o concurso da ALBA vão ser realizadas a partir das 14 horas do dia 29 de outubro até às 12 horas do dia 16 de novembro de 2018, somente através da internet, por meio do site oficial da instituição organizadora do certame: www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/alba2018.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 66,00 para os cargos de nível médio e técnico e no valor de R$ 77,00 para os cargos de nível superior.

Poderão requerer a isenção da taxa de inscrição os candidatos que efetuarem a declaração e comprovação da hipossuficiência de recursos financeiros para realizar o pagamento da taxa, desde que possuam inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico e que forem integrantes de família de baixa renda, em consonância com a legislação vigente.

Provas Concurso ALBA

concurso público da ALBA contará com as seguintes fases:

  • Prova objetiva: válida para todos os cargos;

  • Teste de aptidão física, avaliação psicológica e curso de formação: válido para o cargo de Agente de Polícia Legislativa;

  • Prova discursiva: válida somente para o cargo de Procurador;

  • Prova prática: válida somente para o cargo de Analista Legislativo em Taquigrafia.

A prova objetiva será aplicada na cidade de Salvador no dia 16 de dezembro de 2018, no período que se estende das 08 às 13 horas, para os cargos de nível superior, das 08 às 12 horas para o cargo de Agente de Polícia Legislativa e das 15 às 19 horas para os outros cargos de nível médio e técnico.

O candidato apenas poderá levar embora consigo o caderno de questões, no fim da prova, caso a sua saída ocorra nos últimos trinta minutos anteriores ao horário estabelecido para o término das provas.

A prova objetiva contabilizará 80 questões preparadas para os cargos de nível superior e por 70 questões direcionadas para os cargos de nível médio e técnico. Cada questão da prova terá o valor de um ponto. Estas questões serão repartidas da seguinte maneira:

  • Cargos de nível médio e técnico:

○     Conhecimentos Básicos: Língua Portuguesa, Legislação Específica, Raciocínio Lógico e Noções de Informática;

○     Conhecimentos Específicos: Conhecimentos Específicos do cargo;

  • Procurador:

○     Módulo I – Conhecimentos Básicos: Língua Portuguesa e Legislação Específica;

○     Módulo II – Conhecimentos Específicos: Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil e Processual Civil;

○     Módulo III – Conhecimentos Específicos: Direito Ambiental, Direito Eleitoral, Direito do Consumidor, Direito Penal e Processual Penal, Direito Tributário e Financeiro, Direito Trabalhista e Processual Trabalhista;

  • Auditor Legislativo:

○     Conhecimentos Básicos: Língua Portuguesa e Legislação Específica;

○     Conhecimentos Específicos: Estatística e Matemática Financeira, Direito administrativo, Direito Constitucional, Direito Tributário Economia, Administração, Contabilidade e Auditoria;

  • Demais cargos de nível superior:

○     Conhecimentos Básicos: Língua Portuguesa, Legislação Específica, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Gerais;

○     Conhecimentos Específicos: Conhecimentos Específicos do cargo.

A prova discursiva, que será aplicada exclusivamente para o cargo de Procurador, será concretizada no mesmo dia da prova objetiva, contudo, no período da tarde, das 15 às 19 horas). Esta prova será constituída de três questões, sendo uma delas composta de uma peça processual e duas análises de caso. Esta prova terá o valor de 40 pontos.

A prova prática será aplicada exclusivamente para o cargo de Analista Legislativo – Taquigrafia e serão chamados os candidatos dentro de uma quantidade correspondente a 30 vezes o número de vagas. Esta prova terá o valor de 100 pontos.

A fase de teste de aptidão física, avaliação psicológica e o curso de formação é compreendido como sendo uma espécie de exame pré-admissional, uma vez que será realizada depois da publicação do resultado final do concurso público da ALBA. Para a realização do teste de aptidão física serão chamados os primeiros 200 classificados ao cargo de Agente de Polícia Legislativa.

No caso de empate, os critérios estabelecidos para o desempate serão os seguintes:

Para Procurador:

  • Candidato de maior idade, entre aqueles com idade igual ou superior a 60 anos;

  • Candidato com o maior número de acertos nos módulos II e III;

  • Candidato com o maior número de acertos no Módulo II;

  • Candidato com o maior número de acertos no Módulo III;

  • Candidato com o maior número de acerto no Módulo I;

  • Candidato com a maior pontuação na prova discursiva;

  • Candidato de maior idade.

Para os outros cargos:

  • Candidato de maior idade, entre aqueles com idade igual ou superior a 60 anos;

  • Candidato com o maior número de acertos em Conhecimentos Específicos;

  • Candidato com o maior número de acertos em Conhecimentos Básicos;

  • Candidato com o maior número de acertos em Língua Portuguesa;

  • Candidato de maior idade.

Prazo de validade

O prazo de validade do concurso público da ALBA é de dois anos, contabilizados a partir da data da publicação da homologação do resultado final do concurso no Diário Oficial do Estado da Bahia, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério do legislativo.

Deixe um comentário